O post de hoje, noticia uma das muitas participações de Edmundo Cardoso em clubes e associações: a sua atuação na fundação e em sucessivas diretorias da Associação dos Serventuários da Justiça do Rio Grande do Sul, atualmente denominada Associação dos Servidores da Justiça do Rio Grande do Sul. De acordo com registros encontrados em seu acervo pessoal, de produção própria, foi “fundada em 1º de julho de 1944 em Santa Maria, e teve como idealizadores os funcionários judiciários de Santa Maria: João Carvalho de Macedo, Edmundo Cardoso, Orion Edler, João Sabino Mena Barreto e Mario Pelegrini. O ato solene da fundação teve lugar naquela data no salão nobre da Sociedade União dos Caixeiros Viajantes, tendo sido orador oficial da solenidade o então Escrivão do 2º Cartório do Cível e Crime, Edmundo Cardoso. A sua primeira Diretoria ficou assim constituída: Presidente – João Carvalho Macedo Tabelião; Vice-Presidente: João Antonio Edler, Oficial do Registro de Imóveis; 1º Secretario, Escrivão Edmundo Cardoso; 2º Secretario, João Sabino Mena Barreto, Oficial do Registro Civil; 1º Tesoureiro, Orion Edler, sub-oficial do Registro de Imóveis; 2º Tesoureiro, Mario Pelegrini, Oficial do Registro Civil.” Além disso,  Edmundo foi um dos responsáveis pela criação da Associação dos Serventuários da Justiça de Santa Maria. Abaixo publicamos uma fotografia de Edmundo Cardoso em 1973, no Congresso da Associação dos Serventuários da Justiça na cidade de Uruguaiana; e a carteira de sócio na ASJ. Tais documentos, fazem parte do Dossiê: Associação dos Servidores da Justiça do Rio Grande do Sul (ASJ), da Série: Participação em Clubes e Associações, Fundo Edmundo Cardoso. O boletim informativo da ASJ e e o certificado de sócio de Edmundo, são alguns dos outros documentos que registram a sua participação na Associação e estão disponíveis aos usuários do Arquivo da Casa de Memória Edmundo Cardoso para consultas, mediante agendamento. (por Greta Dotto)

Este slideshow necessita de JavaScript.

Anúncios